As partes do violoncelo

Um violoncelo é composto de aproximadamente 70 partes e tem um corpo de 70-75cm de comprimento. A qualidade da madeira é extremamente importante, pois dela resultará num instrumento de qualidade e som superiores. A seleção da madeira é feita dando-se preferência àquela que tiver um desenho de anéis de crescimento estreito e regular. A espessura ideal da madeira (tampo e fundo) deve ser a menor possível, desde que não haja perda de resistência.


em outras línguas:



Português
Inglês
Alemão
Francês
1
O tampo
The top
Die Decke
La table
1a
O fundo
The back
Der Boden
Le fond
2
O filete
The ribs (or purflings)
Die Zargen
L'eclisse
3
Os F's
The F holes
Die F-Locher
Les F.
4
O espigão
The tail-pin (or end-pin)
Der Stiften (oder Stachel)
L'epine
5
O estandarte
The tail-piece
Der Saitenhalter
Le tire-cordes
6
O espelho
The fingerboard
Das Griffbret
La touche
7
O braço
The neck
Der Hals
Le manche
8
A pestana
The saddle
Der Sattel
Le sillet
9
As cravelhas (são 4)
The pegs
Die Wirbel
Les chevilles
10
A caixa das cravelhas
The peg-box
Der Wirbelkasten
La caisse des crevilles
11
A voluta
The scroll
Die Schnecke
La coquille
12
O cavalete
The bridge
Der Steg
Le chevalet
13
Os afinadores finos
The fine tuners
?
?
14
A vareta do arco
The bow-stick
Die Hogenstange
La baguette
15
A ponta do arco
The head (or the tip)
Der Kopf
La pointe de l'archet
16
O talão do arco
The nut (or the frog)
Der Frosch
La hausse de l'archet
17
A crina
The hair
Die Haare
Les crins




























 O interior do violoncelo contém muitas partes que não são visíveis e são extremamente importantes. As contrafaixas são formadas por 12 partes de pequenas tiras feitas de madeiras leves, como às do tampo, coladas nas beiradas das faixas para que, quando elas forem coladas ao tampo e ao fundo, haja uma área maior de contato. Ao mesmo tempo, seis blocos da mesma madeira são colocados, um em cada canto do instrumento, com as contrafaixas incrustadas para evitar deslocamento, um na parte superior, onde é encaixado e colado o braço do instrumento, e o último na parte inferior, com um orifício perfurado onde se encaixará o espigão.

Há ainda a barra harmônica que é colada no interior do tampo, passando debaixo do pé direito do cavalete, do lado das cordas mais graves, e seu comprimento é de cerca de 6/8 do comprimento do tampo. Sua espessura média é de 12 mm. e sua altura no centro é de aproximadamente 25 mm. e 5 mm. nas extremidades. Estruturalmente, serve para reforçar o tampo devido à enorme pressão sofrida pelo instrumento na área ocupada pelo cavalete e por isso é mais alta nessa região.


A  alma é uma peça de madeira cilíndrica que se encaixa (sem ser colada) entre o tampo e o fundo, cortada de modo a combinar exatamente com as suas superfícies internas, não devendo ser muito comprida, forçando o tampo, nem muito curta, caindo quando as cordas estiverem soltas. Os veios da alma devem ser perpendiculares aos do tampo para evitar danos ao mesmo. Sua grossura é normalmente de 10 a 12 mm., e deve permitir que passe através do efe esquerdo, pois ela é apenas colocada (um pouco abaixo do pé esquerdo do cavalete, eqüidistante da barra harmônica).
 



2 comentários:

  1. Olá Hugo!
    Gostaria de saber se vc da aula particular de cello?

    Marciel Paulo
    Sao Paulo

    ResponderExcluir